segunda-feira, 30 de maio de 2011

Alegria



Fico encantada com a quantidade de palavras existentes em nossa língua portuguesa.

Estava lendo uma pesquisa que dizia que o novo Aurélio eletrônico reúne 435.000 verbetes, locuções e definições, 110.000 etimologias e 54.000 exemplos e abonações de mais de 1.400 autores.

Quando li isso, pensei: Eu não conheço nem a metade disso, e o pouco que conheço, eu não sei, ao certo, o real significado.

Triste.

Triste, porque muita vezes falamos certas coisas e vulgarizamos o sentimento expressado através de palavras por falta de conhecimento do significado.

Um exemplo disso é a confusão que fazemos entre alegria e felicidade. Você já parou e pensou nisso?

Alegria é dar alegria de forma alegre! É transbordar por ser contagiante. Não há fuga e não há antônimos, pois a alegria é o ápice do sentimento e o clímax do prazer, que acaba sendo expressada por sorrisos.

Já a felicidade é uma gama de emoções ou sentimentos que vai desde o contentamento ou satisfação até a alegria intensa ou júbilo. Isso é: há variações. A felicidade tem ainda o significado de bem estar ou paz interna. O oposto da felicidade é a tristeza ou infelicidade.

Mas afinal, será que somos felizes ou alegres?

Bom, tive um insight quando li a seguinte frase do Samuel T. Coleridge: Desperte para a alegria como um radiante dia de verão.

Essa frase me fez desdobrar e pensar nela de uma forma interessante. Tentei entender a profundeza que ela realmente possui.

Cheguei a conclusão que cada um de nós traz dentro de si espaço para uma alegria genuína e verdadeira, com a qual nos encontramos – fortuitamente – quando somos “tocados”de forma especial, sublime e sobrenatural.

Na verdade, a alegria é um dos sentimentos mais desejados por toda a humanidade, embora as pessoas, em sua maioria, ainda a confundam tanto com o prazer e com a felicidade, sem saber que a alegria tem um componente diferenciado, pois sua origem é totalmente transcendente e espiritual.

Somente a alegria é capaz de trazer de volta a força para viver, tem o poder de realizar sonhos abandonados pelo caminho e, frequentemente, restaura os destinos roubados pela indiferença, tristeza, melancolia e depressão.

A nossa busca pela fonte da alegria se torna ainda mais urgente neste tempo, em que estamos sujeitos a fraquezas e dificuldades, com o fim de restaurarmos juntamente o otimismo, a esperança, a liberdade, o perdão, a saúde e a disposição para o serviço.

Então, o que nos resta a fazer e o que torna nosso papel coadjuvante, é deixar ser arrebatado por um sentimento que valha realmente a pena, capaz de produzir em nossa existência uma nova, profunda, única, duradoura e gratificante experiência.

Porque a alegria tem esse poder em nos devolver o entusiasmo pela vida, como um “radiante dia de verão”.

“A alegria do Senhor é a minha força”

“A alegria que eu tenho, é a alegria de Cristo em mim” 

6 comentários:

Duh Franzen disse...

"Somente a alegria é capaz de trazer de volta a força para viver, tem o poder de realizar sonhos abandonados pelo caminho e, frequentemente, restaura os destinos roubados pela indiferença, tristeza, melancolia e depressão"(Lilian)

Gostei demais desse post...
se a alegria não estiver no nosso coração, não a encontraremos em lugar algum...
Bjinhos

Núcleo de Jovens disse...

Bela postagem essa assim como o blog está maravilhoso, UM ABRAÇO JÁ ESTAMOS TE SEGUINDO
CONFIRA NOSSO BLOG http://nucleodjovens.blogspot.com/

JAIRCLOPES disse...

Lilian,
Fazia tempo que eu comparecia ao teu blogue, mas foi com grande alegria que constatei o quanto tuas reflexões merecem ser lidas. Aos lê-las me dei conta que ainda existe inteligência na bloguesfera, Parabéns, JAIR.

Andre Martin disse...

Ok.
Pode-se ser alegre e infeliz ao mesmo tempo.
E pode-se estar feliz sem estar alegre.
Penso que são sentimentos complementares, mas definitivamente não são sinônimos. Um pode levar ao outro e vice-versa.
Mas quando se fala do oposto, qual o antônimo de alegria? tristeza! O antônimo de felicidade? infelicidade! Conhece algum infeliz que não seja triste? Isso é muito triste.

Bruh Floripa disse...

Adorei seu texto!
Lindo blog! Parabéns!
Visite o meu, comecei agora mas espero reunir coisas boas! =D
http://bruhfloripa.blogspot.com

Eu sempre tive o hábito de ler dicionário, adoro nosso português! =*

Rosicler disse...

É imensa a extensão de todas as palavras e significados.

A alegria encaminha à felicidade e paz interior :)

Sendo diferentes, mas tão intimamente relacionadas.

Bem haja,

Rosicler